Fukuyamania

Esta paranóia social de que a História já findou e não há mais por onde ir é muito doentia. Tão doentia que a minha geração já toma este mal-estar como paradigma e a derrota como inevitável. Não há vontades, só impulsos. Não há pensamentos, só ações. Não há utopias, apenas objetivos. Nem sal, nem açúcar, amargura. Afinal, os Beatles reinventaram uma juventude que veio a ter pouco tempo de vida.

4 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Político

Toda a ação com impacto social é uma ação política. Toda a ação política é parcial. Neutralidade, pós-politica, tecnocracia, pragmatismo e objetividade não passam de mitos que compõem as narrativas qu

Juvenil ridicularidade

A juventude serve o ridículo. E tão bem que o ridículo nos serve a todos.

Debate-me

A vida não é mais que um debate incessante e eu não mais estou a debater!

©2020 por Braqui. Orgulhosamente criado com Wix.com