O ser e o ser

E somos tudo menos o que somos

Falamos, oh se falamos

Falamos, mas deixa-me rir

O que dizemos não é dito por nós


Como eu gostava de conhecer

Nem que seja uma só coisa

Pessoa

Uma boa pessoa


Separar o que diz ser do que é

Separar o que diz do que é

O que faz do que gostava de fazer

Gostava que pudesse dizer e fazer o que gostava de dizer e fazer


Mas não, dizer e fazer já foge ao gostar

Ninguém é o que diz e faz

Isso é porque ser,

O ser ser, é mais que ser existir


Desejem comigo a perfeição das coisas

Nada custa

Ai, canseira, não custa nada

Não vos levava a puta da escova de dentes


Mas não, terror, miséria, negação

Como o mundo é tão mau

Vocês o fizeram assim

Por desacreditaram o homem


Sendo que ele é tudo o que não é

7 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Razões

Eu sentir que é mentira Não faz disso uma mentira Faz de mim estúpido O cheiro do desespero tinge Até ao mais belo dos tecidos Até que, conspurcado, seja descartado E eu evitado, por outras razões

Movimento da História

O movimento da História passa por mim Atinge-me com as suas preocupações e ações concretas Materiais, e deixa ideias esborratadas Arranca-me pensamentos e atos Ao longe, no seu vulto apressado Identif

Luís

Dizem que o amor não tem preço Eu digo que cada lembrança tua pesa-me no fôlego E custa-me ao respirar Dizem que é cego Bem, preferia que fosse Que antes nada visse a ver e não te ver Outros julgam-

©2020 por Braqui. Orgulhosamente criado com Wix.com