Poesia em declive

Poesia

Tão, tão

difícil de alcançar

Está lá no cimo,

Num pedestal de sapiência divinal

Guardado por outros, diferentes, estranhos, alheios

Protegido por preceitos, deficiências mentais, orgulhos e vergonhas

Doloroso o caminho dos melhores, elite da lírica

Cansativo o dos génios, dotados de forças inimaginavelmente belas

Invisível aos demais, cegos pela visão, os felizes

Peregrinos do espaço, ai, doces sonhadores de pesadelos

Queixosos do alívio de não carregar

Realistas sem realidade à frente

Faladores de frases astutas

Escorregando em palavras

Assim sendo

Poetas

4 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Movimento da História

O movimento da História passa por mim Atinge-me com as suas preocupações e ações concretas Materiais, e deixa ideias esborratadas Arranca-me pensamentos e atos Ao longe, no seu vulto apressado Identif

Luís

Dizem que o amor não tem preço Eu digo que cada lembrança tua pesa-me no fôlego E custa-me ao respirar Dizem que é cego Bem, preferia que fosse Que antes nada visse a ver e não te ver Outros julgam-

Claro

Muito sinceramente Não sei o que me mantém vivo Porque bate o meu coração Que razão tem o meu organismo para funcionar Nada tenho a que me agarrar Com sinceridade o digo Sem pesos, sem levezas Sem uma

©2020 por Braqui. Orgulhosamente criado com Wix.com