Poetas

Há pior parasita que um poeta? É que o mundo cansa-se a existir A natureza cria verdes e cores Genis e fórmulas As pessoas vivem (e como vivem elas!) O povo fala e expele palavras, sabedoria O feliz dança O triste chora Os sabidos guerrilham Os generais guerreiam Tudo acontece, tudo se diz e tudo se sente E tudo para um traste com ares de profundidade Ver tudo isto e expropriar violentamente Inventa o Universo, descobre as palavras e cria as epopeias Sanguessugueia experiências e sonhos E com eles abre corações que não lhe pertencem Porque nada do existir lhe pertence É um abutre E não o devemos permitir Aliás, não permito E este verso também

16 visualizações

Posts recentes

Ver tudo

Pelos labiais

Pensas que ao tomar-te tempo me responsabilizo por ti, mas não Não é o que acontece Não, não, é a tua decisão, tudo o que vês decidiste por ver, tudo o que sentes sentes por ti mesmo, sem bodes alh

O que a minha poesia diz

Falha minha achar que achariam o que queria que achassem Sem o dizer explicitamente Aqui está, O que a minha poesia diz É que são burros Tão burros que até dói Vocês, exatamente Esqueço-me sempre que

Simplesmente

Ah palavras bonitas Que compõem esse senso comum que adotamos por adotar Nesta vida que vivemos por viver Confortavelmente moderados e conformadamente escravos Dessas ideias bonitas que vimos formarem

©2020 por Braqui. Orgulhosamente criado com Wix.com